Resumo dos orixás cultuados na Umbanda é só clicar sobre o nome do orixá para ver as informações

Oxala / Oyá / Oxum / Oxumaré / Oxóssi / Obá / Xangô / Egunitá / Ogum / Yansã / Obaluayê / Nanã / Yemanjá / Omulu

Oyá


Mãe Oyá alimenta a alma de seus filhos com sua densa e cósmica irradiação de fé e nutre-se com as vibrações de religiosidade que eles lhe devolvem, sempre que estão trilhando o caminho reto da fé, ladeados pelo amor e pela justiça divina. Mas ela vira no tempo e atua com rigor cósmico sobre o espírito que desvirtuar sua fé e religiosidade para ocultar seus desequilíbrios emocionais, suas ambições e desejos mórbidos, esgotando suas energias. Ela é, por excelência, a mãe religiosa divina que esgota os conhecimentos  que enfraquecem a fé e a religiosidade dos seres humanos. Também é a mãe rigorosa que esgota os falsos e degenerados  religiosos que transformam as coisas da fé em artigos mercantilistas. O tempo é a chave do mistério da fé , regido por nossa amada mãe Oyá, porque é na eternidade do tempo e na infinitude de Deus que todas as evoluções acontecem. Na casa de Deus, encontramos a luz necessária para nos auxiliar a superarmos os obstáculos, sem fraquejar diante das perturbações.

 

Oyá - Trono Feminino da Fé - Orixá do Tempo e seu campo prefe- rencial de atuação é o religioso, onde ela atua como ordenadora do caos religioso. -

Divindade de Umbanda, absorve a fé em desequilíbrio, de forma ativa, reconduzindo o ser a caminho de seu equilíbrio. Cósmica, pune quem dá mauuso ou se aproveita desta quali- dade divina com más intenções. Fator  cristalizador e temporal é o próprio espaço-tempo onde tudo se manifesta. Lembrando  que nossa relação de espaço-tempo depende totalmente da movimentação dos astros no espaço, da onde vêm conceitos como dia e noite juntamente com nosso senso cronológico. Dizemos que é uma divindade atemporal, pois é em si o próprio tempo não estando sujeita a ele, mas regendo seu sincronismo. Elemento cristalino. Religiosamente goza de posição de destaque, pois rege a própria religiosidade no ser. Sua cor é o branco e o preto, que é a presença de todas as cores ou a ausência de todas ( em seu aspecto de absorção e esgotamento da religioidade desvirtuada e dos excessos cometidos em nome da fé). Simbolizada pela espiral do tempo, se manifesta em todos os locais, assim como Oxalá com o qual faz par nesta linha da fé. Na Umbanda é sincretizada com Santa Clara, sempre evocada para resolver questões relacionadas ao clima e ao tempo.

Oferenda: Oyá é oferendada com sete velas brancas, sete roxas e sete pretas em triângulo, coco seco ou verde, licor de anis, maracujá e rosas amarelas. .

Água de Oyá para lavagem de cabeça ( amaci): Água de chuva com folhas de eucalipto e pétalas de rosa amarela  curtidas por sete dias.

Saudação: Saravá Oyá , Salve o Tempo. Comemora-se no dia: 12 de agosto.    

Cor: Branco e preto ou fumê.                  Elemento: Cristal.
Pedra: Quartzo Fumê Rutilado.                Minério: Estanho.
Hora: 6 horas.                                        Chacra: Coronário.

 

Oração evocatória de Oyá

Com as graças de Olorum, o senhor do altíssimo.
Peço que minha mãe Oyá, trono todo poderoso da fé, vibre e irradie suas forças no meu corpo, na minha mente, na minha alma e no meu coração.
Que sempre me direcione no caminho reto da fé divina, e me proteja e oriente para que eu sempre saiba usar da melhor maneira a sua essência divina.
Hoje me apresento como seu fiel filho e me abro para os quatro cantos sagrados, para que vós entreis com toda sua força na minha morada e que eu aprenda e sustente sua potência maior por toda a minha vida terrena.
Ofereço-me para ser um veículo de sua irradiação sempre que julgais necessário.
Peço-te que com tua força cristalizadora, ilumine a minha vida em todos os sentidos.
Agora te ofereço esta pedra e esta guia que para todo o sempre será tua pedra e tua guia, que ficarão junto a mim com sua toda e poderosa essência cristalina.
Agradeço minha mãe Oyá, por me acolher no seu grandioso rebanho de filhos de fé e me cobrir com seu manto fumê sagrado.
Salve grande mistério dos mistérios!
Salve teu reino luminoso!
Salve grande trono da fé!
Salve raio de luz fumê divino!
Saravá Oyá!( Salve o Tempo)

Oyá pode ser evocada para afastar espíritos zombeteiros, obses- sores, etc. Fecha buracos negros.Gera e irradia uma energia, que cristaliza tudo o que toca. (Projetos/ideais/sentimentos). Firme uma vela branca ou 1 branca e  1 preta, e faça uma prece direcionada a nossa amada Mãe Oyá.

 

Reza á Mãe Oyá

Dona do tempo, do dia e da noite,
Que minha fé seja cada dia mais inabalável,
Proteja-me sempre,
Que seu véu me cubra  grande deusa da espiritualidade.
Salve o tempo minha mãe Oyá.