Resumo dos orixás cultuados na Umbanda é só clicar sobre o nome do orixá para ver as informações

Oxala / Oyá / Oxum / Oxumaré / Oxóssi / Obá / Xangô / Egunitá / Ogum / Yansã / Obaluayê / Nanã / Yemanjá / Omulu

Xangô

Pai Xangô é o orixá da Justiça e seu campo de atuação preferencial é a razão, despertando nos seres o senso de equilíbrio e eqüidade, pois só conscientizando e despertando para os reais valores da vida a evolução se processa num fluir contínuo. A irradiação da justiça Divina é uma onda viva que nasce em Deus e alcança tudo e todos. Xangô é o pólo positivo dessa onda que equilibra tudo, desde a gênese das coisas até o sentimento dos seres. Ele gera e irradia a chama da justiça divina, que aquece o racional dos seres e abrasa os sentimentos íntimos relacionados com as coisas da justiça e da razão. Xangô atua através do mental e vela pela harmonia e pelo equilíbrio na evolução. Pai Xangô é abrasador, é a chama universal, é o raio solar gerador de vida, gera o equilíbrio da justiça; é racionalista  e aquecedor dos sentimentos equilibrados. É fundamental o desenvolvimento do senso de Justiça , da Razão, do equilíbrio, do juízo e de posturas sensatas deixando de lado a emotividade e o instinto

 

Xangô - Trono Masculino da Justiça - Xangô é o orixá da Justiça e seu campo preferencial de atuação é a razão, despertando nos seres o senso de equilíbrio e eqüidade, já que só conscientizado e despertado para os reais valores da vida a evolução se processa num fluir contínuo

Xangô - Divindade de Umbanda, manifestação do Trono Masculino da Justiça, irradia Justiça otempo todo, de forma passiva não for - çando ninguém a vivenciá-la, mas sustentando a todos que a bus- cam. Elemento fogo, presente nas montanhas e pedreiras. Senhor dos Trovões, Xangô é ainda simbolizado por uma balança ( o equi- líbrio da justiça) e o machado de dois cortes. Dentro ainda do sim- bolismo, podemos citar para Xangô a estrela de seis pontas, forma- da por dois triângulos, um que aponta ao alto  e outro que aponta para baixo, simbolizando o equilíbrio do universo onde “ o que está acima é como o que está abaixo”. Na Umbanda, é sincretizado com São Jerônimo e Moisés, chegando a apresentar imagens que mos- tram São Jerônimo com as tábuas da Lei de Moisés na mão.  

Oferenda: Xangô é oferendado com velas brancas, velas vermelhas e velas marrons, cerveja escura, vinho tinto doce e licor de ambrosia, flores diversas, tudo depositado em uma cachoeira, montanha ou pedreira.

Água de Xangô para lavagem de cabeça ( amaci): Água de cachoeira com hortelã macerada e curtida por três dias.

Saudação: Kaô Cabecilê!
Comemora-se no dia: 24  de junho
Cor: Marrom ou vermelho.
Elemento: Fogo.
Pedra: Jasper Vermelho ou marrom, pedra do sol, olho de tigre
Minério: Pirita.
Hora: 12 horas.
Chacra: Umbilical

 

Oração evocatória de Xangô

Com as graças de Olorum, o senhor do altíssimo.
Peço que meu pai Xangô trono todo poderoso da justiça, vibre e irradie suas forças no meu corpo, na minha mente, na minha alma e no meu coração.
Que sempre me direcione no caminho reto da justiça divina, e me proteja e oriente para que eu sempre saiba usar da melhor maneira a sua essência divina.
Hoje me apresento como seu fiel filho e me abro para os quatro cantos sagrados, para que vós entreis com toda sua força na minha morada e que eu aprenda e sustente sua potência maior por toda a minha vida terrena.
Ofereço-me para ser um veículo de sua irradiação sempre que julgais necessário.
Peço-te que com tua força equilibradora, equilibre minha vida em todos os sentidos.
Agora te ofereço esta pedra e esta guia que para todo o sempre será tua pedra e tua guia, que ficarão junto a mim com sua toda e poderosa essência ignea.
Agradeço meu pai Xangô por me acolher no seu grandioso rebanho de filhos de fé e me cobrir com seu manto marrom sagrado.
Salve grande mistério dos mistérios!
Salve teu reino igneo!
Salve grande trono da justiça!
Salve raio de luz vermelho divino!
Saravá Xangô !(Caô Cabecilê!)

Xangô pode ser evocado para fortalecer os seres, desenvolver equilíbrio mental e emocional, energizar e purificar toda a energia negativa em tudo, em todos, quebrar demandas e cortar magias negras. Firme uma vela marrom, vermelha ou branca e faça uma prece direcionada ao nosso pai Xangô.

 

Reza a Pai Xangô

Amado pai Xangô, Justiça Divina do Criador Olorum!
Rogamos a vós, querido pai, que nos irradie e nos envolva com vossos fluídos energéticos ígneos, equilibrando-nos e harmozinando-nos em todos os sentidos. Traga força e luz em nossos caminhos. Abençoe-nos, Pai da Justiça Divina!
Kaô Kabecilê, amado pai Xangô!